Pátria e Zona Sul querem comprar Natural da Terra

Avaliação:

(26 Avaliações)

Reportagem SA+ -

Negociação com a gestora de investimento que possui algumas redes supermercadistas no portfólio estaria em fase avançada

Foto: Divulgação

A gestora de investimentos Pátria  está em conversas avançadas para a aquisição do Hortifruti Natural da Terra,  segundo fontes do mercado. A rede de supermercados carioca Zona Sul também demostrou interesse pela operação.

O hortifruti foi adquirido pela Americanas há cerca de um ano e meio, por R$ 2,1 bilhões, mas está sendo colocado à venda para ajudar a cobrir o rombo de R$ 20 bilhões no balanço da companhia. Segundo as fontes, a operação pode sair por um valor menor do que o pago pela Americanas, em razão da urgência para levantar recursos.

O Pátria tem apostado em investimentos em varejo e já comprou participações em redes do segmento. A mais recente aquisição do fundo nesse setor foi do Supermercado Avenida, em meados do ano passado. Essa foi a 4ª negociação de uma rede supermercadista pelo Pátria e a 10ª no segmento de varejo, atacado e distribuição de alimentos.

Luiz Elisio Castello Branco de Melo, CEO da Plurix, empresa do Pátria para o segmento de varejo alimentício regional, conhece bem o mercado, pois já atuou em hortifrutis, entre eles o próprio Natural da Terra, e no GPA.

O fato de a empresa fazer parte da estrutura da Americanas, que está em recuperação judicial, pode haver complicações na venda. Especialistas trabalham na resolução jurídica para o entrave. As empresas Americanas, Pátria e rede Zona Sul não comentaram as informações.

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:    LinkedIn  ,    Instagram   e   Facebook

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução de sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade