SA+
SA+ SA Varejo Sergio Alvim Varejo Indústria Colaboração

“A SA+ é uma resposta à confiança que o varejo e a indústria depositam em nós”, afirma Sergio Alvim

POR Reportagem SA+ Conteúdo

EM 24/03/2023


Dias 23 e 24 de março foram um divisor de águas na SA Varejo. No ano em que completa seu primeiro quinquênio, a marca evolui para uma nova fase e passa a se tornar a SA+ Ecossistema de Varejo. A ideia é oferecer soluções completas com a mesma excelência que caracteriza os serviços da empresa, pioneira em promover a colaboração entre varejo e indústria. Os 9 braços, que incluem negócios novos e outros já consagrados, foram anunciados durante o Fórum Nacional de Integração Varejo e Indústria, que aconteceu na capital paulista nesses dois dias. Essas são as novas unidades de negócios SA+:

  • SA+ Aconselhamento

Programa de aconselhamento online para decisores do setor feito por especialistas em varejo e indústria

  • SA+ Branded Content

Serviços de publicidade customizados com foco em conteúdo relevante e linguagem que atrai a atenção dos varejistas

  • SA+ Conteúdo

Aprofundado conteúdo informativo para o setor por meio de reportagens, eventos, palestras, programas online e cursos

  • SA+ Educação

Plataforma de educação com cursos para potencializar a gestão das empresas em busca de maior eficiência

  • SA+ Inteligência

Pesquisas, banco de dados, palestras. Muita informação para apoiar as decisões estratégicas da cadeia de distribuição

  • SA+ Relacionamento

Fóruns Nacionais e Regionais de Integração Varejo e Indústria e Encontros Reservados com conteúdo direcionado a fornecedores

  • SA+ Trade

Uma jornada para a ressignificação do Trade Marketing no Brasil por meio de eventos, cursos, missões, conteúdo e muito mais 

  • SA+ Internacional

Eventos, missões e cursos fora do Brasil em busca da inspiração em novos conhecimentos e práticas de sucesso no exterior

  • SA+ Tech

Apoio ao desenvolvimento de startups focadas em atender os desafios do setor e na digitalização do processo colaborativo Varejo e Indústria


Sergio Alvim, CEO da SA, explica que a empresa vinha sendo muito demandada pelo varejo e pela indústria. “Sempre fez parte do nosso DNA contribuir de forma honesta e verdadeira para o desenvolvimento do mercado”, afirma. Por essa razão, a ampliação das áreas de atuação respondem aos principais gaps do setor, como explica nesta entrevista o fundador da SA Varejo, que agora é SA+:

 

 

Como foi o processo evolutivo de SA Varejo para SA+?

A SA Varejo tem sido muito demandada por ajuda tanto pelo varejo quanto pela indústria. Desde seu nascimento, que completa cinco anos em 2023, a SA avançou e continua crescendo muito em relevância e em confiança por parte do setor. Por isso, sentimos obrigação de ajudar mais. Ao mesmo tempo, notamos que o escopo da SA estava se ampliando. Como resultado disso, vimos a necessidade de criar novos braços de negócios que abarcassem as principais dores do varejo e da indústria. E é daí que nasce a SA+ Ecossistema de Varejo, que vai permitir que a gente ajude muito mais o setor. Para isso, vamos contar com parcerias com profissionais bem selecionados que têm muita experiência no varejo ou na indústria e em suas respectivas áreas. 

Como funcionarão esses novos braços de SA+?

Um exemplo é o nosso braço de negócios SA+ Trade, que vai cuidar dessa comunidade tão importante de profissionais de trade marketing do varejo e da indústria. É comum haver investimentos nessa área que ainda são mal direcionados e mal medidos. Além disso, ela é mais comum na indústria do que no varejo, que, em muitos casos, ainda vê o trade como uma forma de arrecadação da indústria. Isso gera um ciclo que acaba, muitas vezes, prejudicando a atuação da indústria. Nosso objetivo é que o trade ganhe maior relevância, que esse dinheiro investido tenha um bom direcionamento, que haja mensuração desse retorno e que esse recurso ajude a vender mais. Ainda existem decisões mais emocionais do que racionais, por isso queremos ajudar a tornar o trade e seus profissionais protagonistas. 

Outro aspecto é a tecnologia. Existe uma avalanche de empresas querendo vender soluções para o varejo. Por isso, criamos no nosso Ecossistema o braço SA+ Tech, que vai ajudar o varejo nas escolhas tecnológicas e também atuar na questão da digitalização dos processos. Existe, por exemplo, uma complexidade na definição do sortimento. Para entender de onde isso vem, uma parte se deve ao modelo de go to market da indústria, que tem o distribuidor, o broker, etc. E o que vemos é que a cadeia de forma geral tem um certo vício em volume, que acaba favorecendo os produtos da curva A e deixando os itens de melhor margem de lado. Nesse contexto, vimos que é necessário digitalizar a forma como essa informação de sortimento ideal e de loja ideal chega ao varejo. Vislumbramos, por exemplo, que um varejista pequeno no interior da Bahia, de Minas ou de São Paulo, possa ter acesso à indústria por meio de uma plataforma e, portanto, ao sortimento adequado para cada categoria em cada loja, adequado para o seu público e tamanho. Muitas empresas grandes do interior não têm acesso às novidades e ao sortimento referência da indústria. Então, acreditamos que digitalizando esse processo teremos um relacionamento melhor.

O que mais esse braço poderá oferecer ao varejo?

A SA+ Tech vai buscar parcerias com startups que realmente atendam o varejo e a indústria. Temos um projeto piloto de uma plataforma com um parceiro bem interessante. E estamos buscando também um especialista na área de pessoas. Tecnologia, trade e pessoas são gargalos de empresas de todos os setores, mas o varejo especialmente é intensivo em mão de obra. Observamos que o diálogo na cúpula tem qualidade, mas é difícil tanto para a indústria quanto para o varejo fazer isso chegar à ponta, refletindo em melhores negócios e relações mais produtivas. 

Quem são os profissionais que estão com a SA+ nos novos projetos?

Na SA+ Trade, estamos junto com o Eduardo Jaime, que vem da MegaMidia e, portanto, é um especialista em trade marketing. Ele compartilhava conosco essa visão de que era necessário abraçar essa área e é responsável por tocar esse negócio. Na SA+ Tech, estamos trabalhando com o Renato Giarola, que foi executivo de redes como Dia e GPA. Na SA+ Aconselhamento, temos diversos especialistas em varejo conosco. Esse projeto foi idealizado em conjunto com o José Barral, conselheiro de diversas empresas e também executivo do setor supermercadista. Em cada um desses braços, estamos atuando em um gap do varejo: trade marketing, sortimento e assim por diante. 


Da esquerda para direita: Paulo Ângelo Cardillo, Eduardo Jaime,Amanda Vasconcelos, Renato Giarola, José Barral,
Sergio Alvim, Julio Lohn e João Andrade Nunes


Falando agora sobre os negócios que já existiam, haverá novidades? 

Sim. Um caso interessante é o do nosso serviço de Branded Content. Ele deu tão certo que se transformou em nosso braço SA+ Branded Content. Por meio desse serviço, construímos a comunicação para a indústria, de forma personalizada e com curadoria do nosso time de conteúdo, a partir de informações que são mais relevantes para o varejo atender melhor seus consumidores, melhorando vendas e resultados. Temos também a área de educação, inaugurada com o curso Revolução Comercial, e que será ampliada com novos temas na SA+ Educação. Outro braço importante é o SA+ Relacionamento, no qual temos os nossos Fóruns de Integração Nacionais e Regionais. Lançaremos também um evento com nosso negócio SA+ Trade, com data já marcada e que será divulgada em breve. Diante disso, podemos dizer que a SA+ vai manter a excelência em tudo o que já era feito e abarcar outras necessidades do varejo. 

A SA Varejo nasceu com um propósito forte. Como ele fica na SA+?

Nosso propósito também evoluiu, mas mantém a sua essência: “Contribuir para um Varejo Forte, Sustentável, Colaborativo e Inovador por meio de um completo ecossistema para o setor”. Sempre fez parte do nosso DNA contribuir de forma honesta e verdadeira para o desenvolvimento do setor. Isso nós não vamos perder nunca. Cresceremos com base nesse propósito de contribuir com excelência para o setor. Só depois é que vem o crescimento financeiro. 

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA+? Então nos siga nas redes sociais:   LinkedIn  ,   Instagram   e   Facebook 

 

COMPARTILHAR
TAGS:SA+, SA Varejo, Sergio Alvim, Varejo, Indústria, Colaboração
COMPARTILHAR:

Ícone Notícias relacionadas

trade-marketingTrade Marketing

CONVITE: Workshops Trade é evento exclusivo para redes de varejo

Fachada loja rede AngeloniRede Angeloni

Rede Angeloni transforma conteúdo digital em experiências de compra interativas

Adobe Stock - cervejaIndústria

Ambev aposta na demanda por cerveja premium e investe quase R$ 1 bilhão no Brasil

Índice mostra prejuízo líquido de 2% no varejo alimentar do 1º trimestreVarejo Alimentar em Contexto

Índice mostra prejuízo líquido de 2% no varejo alimentar do 1º trimestre

Comentários

Ícone Envie seu comentário

Ícone Siga-nos

Logo SAFALECONOSCO@SAINTELIGENCIADEVAREJO.COM.BR
instagramfacebook4linkedin
Logo Cinva

© Somos uma marca do CINVA (CENTRO DE INTELIGENCIA E NEGOCIOS DO VAREJO - CINVA LTDA). © 2023 SA+ Ecossistema de Varejo. Todos os direitos Reservados